Skip to content

Quando “Menos” não é “Mais”

janeiro 13, 2012

Tenho uma amiga que adora o conceito do “Menos é Mais”. Realmente concordo com a harmonia visual, que relaxa os olhos ao encontrar um cenário clean. Casas em estilo minimalista são um atrativo nao só para decoradores como para toda pessoa “comum”. Nesse estilo encontramos uma decoração com poucos objetos e cores que combinam (ou nao) entre si. Tudo muito bem organizado e com cheiro de novo. Talvez aí esteja o problema… É tudo muito zen, muito limpo de informação, muito ordenado em seus escassos detalhes. Eu mesma sou uma fä confessa do estilo minimalista, e sempre busquei a perfeição das formas e cores através de uma idéia mais linear. Só que com o passar dos anos fui percebendo que uma casa, assim como roupas, cabelo, cara, comida e diversos tópicos do cotidiano necessitavam de um pouco mais de cor e movimento.
Nao podemos mudar a decoração de uma casa a cada ano, mas podemos acrescentar um vaso de flor ou outro objeto para dar mais vida ao ambiente (mesmo que por apenas uma estação). Podemos um dia acordar e colocar uma roupa mais ousada, com cores e estampas ou aquele acessório mais estravagante. Podemos ousar e mesclar alguns sabores, algumas idéias, alguns conceitos. Podemos fazer às vezes um “Mais é Mais”.
Voltando àquela minha amiga, vejo sua filhinha de 7 anos, sempre com umas roupinhas bem “simplesinhas”, sem nenhuma estampa ou detalhe. Dinheiro nao falta para enfeitá-la, mas o estilo que prevalece é de que ela já é tão linda por si só que não precisa de mais nada. Precisar não precisa, mas… Que ia ficar mais graciosa com um laçinho na cabeça… Ah, isso ia!
Não estou falando em transformar a menina em uma “Viúva Porcina”, é claro! Até porque tudo em exagero acaba declinando ao brega, ao cafona.
Mas se por um lado uma apresentaçao em Power Point com milhães de detalhes polui a vista, há de se convir que uma apresentaçao com puro fundo branco também cansa … Em algumas coisas apostar no “Menos” pode até ser perigoso. Algo que exemplifica bem essa questao é a realizaçao de um evento, onde é sempre bom optar pelo “Mais”: mais comida, mais diversidade, mais decoração, mais detalhes. Acho inclusive que o item “Mais Comida” é fundamental em um evento. Primeiro porque sou uma gulosa incorrigível e segundo porque já vi acontecer eventos onde a sofisticaçao de sucintos elegantes pratos terminou no mico de uma deselegante fome dos convidados ao sairem da festa reclamando. Nessas horas o menos realmente nunca é mais…
Entao, coloca um vestidinho bem coloridinho nessa menina, aumenta o som e traz a bandeja de salgadinhos!!! Ah! E cuidado para nao esbarrar nos milhoes de enfeites da festa…

No comments yet

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: