Se eu for…

mae4

Se eu for embora primeiro, por favor, não fique triste. Saiba que era o meu desejo ir antes de você, sair de cena enquanto você continua a brilhar e encenar o espetáculo que é a sua vida.

Se eu for antes, saiba que eu vou feliz porque vivi os melhores momentos da minha vida ao seu lado, ao lado de quem me fez tão plena… saiba que, de tudo o que vi nesta roda giratória chamada “vida”, foi o seu sorriso o que mais me cativou, aquele espontâneo, que me faz parar sempre para admirá-lo.

Sou eu, sua mãe, quem pede aos Deuses a oportunidade de ver você caminhar com seus próprios pés, livre e linda, do lado daqui ou mesmo do lado de lá… porque o que importa para mim é dar a você o melhor que eu puder: o meu amor, o meu tempo e a minha vida.

Então, de novo, se eu for antes, não chore. Sorria e agradeça. Eu consegui o que queria: continuar te vendo, sempre.

Fui! (por hora, até a esquina…)

6 comentários

  1. sua sensibilidade e, me permita, habilidade (essas rimas um dia vão me matar!) com a palavra, com a narrativa, com os desfechos são magníficos. ter teus textos me alentam e instigam a vontade de voltar a escrever. o meu abraço sempre carinhoso, Cris. (e feliz de ler dois textos em pouco tempo.)

    1. Anafog,Você já leu o meu romance? se chama: “Promíscuo Ser de Partitura Finita”, da Editora Pandorga. Me envie o seu endereço que eu te encaminho um exemplar autografado! Meu whats: (11) 95025-4850. Te espero. Grande abraço, Cris Coelho

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s