“Mais Uma vez…”

Me sento tranquila em uma esquina fria para tomar mais uma xícara de café. Sinto a saudade invadir a minha alma ao mesmo tempo em que paro e escuto meu coração. São tantas memórias, tantos momentos, que nada parece afastar a sua lembrança.

Mas à medida em que saboreio o gosto amargo do meu café preto, sinto um calor me abraçar por inteira, como se o vento gelado assoprasse afagos e não calafrios. Escuto as mensagens de um outro dia; elas foram editadas, mas seu conteúdo permanece o mesmo, a espera de um sinal, a espera de nós… se fui vazia ou se fui relapsa, saiba que fui tão somente, verdadeira. Mas fui amante e fui fiel ao que sentia, então não te peço perdão, te peço apenas “mais uma vez”.

E se esse mais não vier nunca, escuto de novo o vazio do vento, em sinais de renovação e esperança. 

Enquanto isso, sigo tomando meu café amargo, que fica cada vez mais doce à medida em que o tempo passa…

Fui! (pedir um pouco mais…) 

 

Cris Coelho

A minha literatura é livre de estereótipos, padrões e convenções. Ela entrega poesia onde há cotidiano. E renova minha fé em mim e no mundo. Cris Coelho, Escritora & Poetisa

2 thoughts on ““Mais Uma vez…”

  1. E receber o seu carinho em forma de palavras é o que me faz continuar com a minha literatura! Muito obrigada! Vamos continuar juntos! Beijos, Cris Coelho

  2. hoje o meu post foi Bom Dia! e confirmou: um texto seu! você escreve com tanta intensidade e deixa a criatividade(desculpe a rima) tomar conta do espaço. o meu dia está feliz: ” Sinto a saudade invadir a minha alma ao mesmo tempo em que paro e escuto meu coração.” muito obrigado. um abraço carinhoso, Cris. E continue.

Comments are closed.