Um Pouco de Mel…

De todos os sorrisos de satisfação que encontro pelo caminho, escolho o seu sorriso de esperança. Me contento em ter você no reflexo da minha mente, esperando por mim em algum lugar que não consigo descrever…

Sou eu, na versão mãe e amiga que se despede de você na sua versão adulta e segura. Sou eu, entregue às memórias tão doces, que agora gritam o gosto amargo de não ter você dependente de mim. 

Somos eternos passantes que exploram o mundo com diferentes olhares, mas o meu está sempre apontando para você. Sou eu, a admiradora da sua vida, aquela que está ali, contando os segundos para saber as novidades da sua vida e que demora para dormir pensando se você está bem, mesmo sabendo lá no fundo, que você está ótima…

Acredito nas suas escolhas, confio na sua força e aprecio a sua segurança; mas confesso que não consigo me acostumar a viver sem o seu chamado constante, aquele que ecoa até as esquinas mais apagadas da minha mente e que me faz querer voltar por um caminho que já se desfez.

Sigo apreciando o sabor doce de ter você na minha vida, e aprendo a cada dia a conviver com as doses amargas da sua ausência nela…

Fui! (saborear meus doces momentos ao seu lado…)

Cris Coelho

A minha literatura é livre de estereótipos, padrões e convenções. Ela entrega poesia onde há cotidiano. E renova minha fé em mim e no mundo. Cris Coelho, Escritora & Poetisa