Skip to content

Meu Piso de Porcelanato

dezembro 23, 2017

porcelanato

Sempre que penso na minha vida penso em tudo que amo, mas não consigo deixar de lembrar de tudo que amei e deixei no caminho… piso distraída nas pedras de porcelanato embaixo dos meus pés, desenhadas com perfeição por algum funcionário mal pago de uma empresa contratada para concluir a obra do meu apartamento. Me lembro de ter pedido muito cuidado na colocação desse piso, como se minha rotina dependesse inteiramente dele para seguir seu fluxo. Fui criteriosa e cuidadosa com as pedras que se prestavam a, simplesmente, pisar.

Mantive-me ali por horas a fio, me desprendi de todos os compromissos e não fui naquele aniversário daquela amiga que era tão importante na época, mas que, por alguma razão fútil, deixou de ser. Também não consegui dar muita atenção para o meu filho; sabia que ele precisava estudar para as provas, mas realmente não conseguia evitar o cuidado com as pedras de porcelanato. Elas eram tão, tão importantes, que preferi cuidar pessoalmente delas. Me encarreguei que lustrá-las e cuidei para que os móveis ou o patins do meu filho não as riscasse. 

Consegui mantê-las perfeitas, até o dia em que papai deixou cair seu copo de vidro e, em alguns segundos, o estrago estava feito. Consegui refazer o piso, me custou algumas dezenas de reais, mas ele voltou a ficar como novo. Não posso dizer o mesmo do coração do papai, que parou de funcionar naquela tarde de domingo. E do ano que o Pedro repetiu no colégio, talvez uma ajuda tivesse feito a diferença… 

A vida é tão irônica, que no dia em saí do cartório, após fazer a escritura de venda do meu valioso imóvel, eu encontrei com a Melissa, aquela amiga que não via há tempos, desde a sua festa de aniversário, a festa que eu não fui porque estava cansada demais com os cuidados com o meu piso. Ela estava comemorando o nascimento do seu primeiro neto, ao lado dos seus.  Fui convidada a participar da festa e, desta vez, não hesitei. E ao pisar na casa da Melissa, percebi que o chão é todo de madeira, bem arranhada e aconchegante…

Fui! (rever meus conceitos…)

No comments yet

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: