No Meu Aniversário…

Crispequena

Hoje eu acordei com vontade de te dizer: obrigada.

Obrigada pela vida, pela saúde, pela alegria.

Obrigada por me permitir sentir na pele a profundidade da palavra mãe. Pelas milhões de vezes em que recebi um abraço apertado, um beijo ou um “eu te amo mãe!”. 

Obrigada por ter sido merecedora de subir em um altar com alguém me olhando com olhos apaixonados, desejando estar ao meu lado para sempre. 

Obrigada por me proporcionar, em todos os dias da minha vida, a fantástica experiência de me mover livremente para todos os lados, com os meus sentidos em plena capacidade, com todas as minhas vontades satisfeitas de forma independente.

Obrigada por me proporcionar a experiência de sentir amor, raiva, carinho, desilusão e arrependimento. 

Obrigada por me mostrar a grandiosidade da vida através das palavras, do sorriso e do calor das pessoas queridas. 

Obrigada por me dar a sensação do perdão quando eu mesma não consigo aceder a ele. Obrigada por me fazer acreditar que eu posso. 

Obrigada por me entregar essa sinfonia de cores, formas e sentimentos. 

Obrigada por me deixar existir nesse plano, nessa condição, nesse cenário. 

Obrigada por essa vida.

E, se não for pedir muito, te peço só mais uma coisa: TEMPO para continuar a desfrutar tudo isso…

Obrigada Deus!

Fui! (agradecer…)

Cris Coelho

A minha literatura é livre de estereótipos, padrões e convenções. Ela entrega poesia onde há cotidiano. E renova minha fé em mim e no mundo. Cris Coelho, Escritora & Poetisa