Skip to content

Dia da Mulher. Por quê?

março 8, 2014

acorrentada

“Dia da Mulher”. Um dia para comemorar a existência de tão sublime ser, muito importante na sociedade e que exerce o papel de mãe, cuidadora, companheira, objeto sexual, e que também, trabalha. Esse extraordinário “Ser” é muitas vezes violentado no seio da sociedade machista, muitas vezes em países com religião islâmica ou muçulmana e em países africanos. Em outros países a mulher também sofre discriminação em algum grau específico. Coitadas delas e Direitos Humanos neles!!!

Mas o que me intriga, mesmo sendo uma pomba-gira ambulante que transita no espaço cósmico depois de ter me prostituído e aliciado a prostituição de várias putas famintas em um Bordel no século XVIII, é o fato deste país chamado Brasil comemorar o “dia da Mulher”. Posso estar enganada, mas pelo que eu tenho visto o que não falta nesta sociedade são direitos para a mulher: para começar existe o direito dado pela lei à guarda do filho, ainda que compartilhada, sempre é a mãe que possui o direito de ter a “guarda prioritária”, além disso, o direito a qualquer cargo em empresa pública ou privada, com o mesmo salário equivalente (ainda que em alguns lugares existam distorções, o direito é garantido). Não bastasse, existe o direito de defesa, exclusivo para mulheres, com a criação da Lei Maria da Penha, além de vários outros direitos e benefícios, tanto aos olhos da lei como aos olhos da sociedade. São direitos legítimos, com toda certeza (embora nem sempre cumpram esse papel exato), mas o que faz com que a mulher, linda em curvas e formas, receba uma flor por um dia especial que é a homenagem da sociedade ao fato de tão bela criatura simplesmente “existir”???

Como já dizia um professor antigo, o costume faz isso. Faz com que a sociedade aja de forma rotineira sem nem saber ao certo o motivo dos atos, ou mesmo sabendo, sem questionar o porquê de ainda hoje, século XXI, em uma sociedade dita moderna, com tantos gritos pró-igualdade de sexos e raças, ainda exista o Dia da Mulher, o Dia do Índio e o Dia do Negro.

Falta criar ainda o Dia do Anão, o Dia do “TransMultiSexual” e, finalmente, o Dia do Heterosexual (raça mais discriminada do momento!).

Fui!!! (tratar de temas mais relevantes do que os dias em que toda a sociedade que não é branca e máscula é homenageada… )

No comments yet

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: