Skip to content

Desconstrução

novembro 17, 2012

Quantos traumas não sofremos no percurso da vida? Quantas dores suprimimos? E quantos desafetos recebemos? Todos os encontros e desencontros ruins, os infortúnios e os desapontamentos formam juntos, uma grande massa de concreto que nos paralizam, nos amedrontam e nos moldam dentro de uma realidade “possível”. Criamos uma “máscara” para continuar a viver sem impedimentos e, se não for muita ousadia, sempre deixamos um ponto de inflexão exposto, para o caso de precisarmos quebrar esse bloco de cimento, que nos impede de respirar plenamente.

Quem sabe onde está o fim de uma estrada? E quem sabe se vamos conseguir chegar no fim dela? Por mais irônico que possa parecer, “viver” é uma arte. A “arte de viver”. Pode ser difícil ou fácil, depende do cenário, do horário, dos patrocinadores. Mas na maior parte das vezes, depende mesmo é dos “artistas”. E não é demérito errar a fala, esquecer as marcações, fechar para balanço. Errado é não se expor com medo de pisar no palco…

Existem várias formas de pedir ajuda. Existem remédios, médicos, terapias. Existem várias possibilidades para nos desconstruirmos e nos reiventarmos melhores artistas para a vida.

E, se o carro enguiçar antes de chegar no final da estrada, sempre podemos nos desfazer dele e comprar outro, com mais acessórios de segurança, mas também com teto solar…

Fui! (quebrar um pouco do meu cimento…)

2 Comentários leave one →
  1. Graziela Muller Martins permalink
    novembro 20, 2012 1:20 am

    Cris, parabéns pelo texto, adorei!
    Me fez refletir muito sobre nosso malabarismo diário para seguir com a mente quieta, a espinha ereta e o coracao tranquilo.
    Abraco!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: