Skip to content

Ódio

junho 12, 2012

ImageOdeio quando alguém se mete onde não é chamado. Odeio as pessoas que querem ser moralistas ou boazinhas. Odeio os incompetendes e medíocres. Odeio o fraco. Odeio os que se lamentam da vida, os que reclamam sem parar e não fazem nada para mudar. Odeio os azarados e seus carmas. Odeio a dor dos injustiçados. Odeio não poder dizer que odeio em uma sociedade que está morrendo por nada e ainda assim quer nos chamar de “Alices” no mundo da fantasia. Odeio ser quem eu não quero ser só para dar um exemplo a quem eu não me importo em aparecer. E aparecer sem ver o que vai passar depois que eu me for. Odeio ter que ir, ter que ficar, ter que fazer. Odeio o “ter que”. Odeio quem diz que ama, ama, ama, sem dizer que também odeia. Porque para amar plenamente é necessário antes saber odiar a esmo. E odeio mais ainda, quem não tem ódio de nada…
Fui! (Odiar um pouco mais…)

3 Comentários leave one →
  1. Paula Souza permalink
    junho 12, 2012 12:51 pm

    Este dia de odio existe em todas as mulheres!! Odeio os dias feios e frios de Santiago!!! Odeio as viroses e as crianças doentes e vomitando!!!AAAHHHHHHH!!!Bjs!!

  2. junho 12, 2012 1:55 pm

    kkkk, adorei, esse odeio de geminiana, ódio que se ameniza em instantes…já odiei hoje tbm!!! bjos

  3. junho 13, 2012 12:28 am

    Também odeio (com todas as minhas forças) criança doente!!!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: