Pular para o conteúdo

Ex-namorados

março 23, 2012

Ex-namorado é igual a etiqueta com linha de nylon na roupa. Por mais que tentemos fingir que não incomoda, sim, INCOMODA! Há pessoas eduacadas, finas e modernas que convivem bem com o tormento do, ou da,  “Ex”. A convivência é pacífica e, em alguns casos, até íntima. É bonito ver casais superando os preconceitos da sociedade regulamentadora dos direitos e deveres do “casamento-padrão” e a incorporação de novos paradigmas no cotidiano selvagem dos dias atuais… Mas bom mesmo é saber que a ex ,ou o ex, moram a quilometros de distância, e que um acidental encontro é 0,01% provável.

As lembranças do nosso amor já são suficientemente massacrantes para irrevogáveis ciumentos tradicionais e caretas, não se precisa de mais pimenta nesse molho! Mas ainda assim, há os que insistem em afirmar a posição de “amigos do passado”, em referência e reverência à pessoa querida que ocupou um lugar de destaque em um momento da vida e, blá, blá, blá…. Porque não encerrar logo o assunto e mudar o canal?

Conheço casos em que até convidar para um jantar na casa o cara de pau sugeriu e a dona confiante, aceitou… Se por um lado uma das partes insiste em usar essa arma para provocar o descontrole e ativar o botão de “alerta ciumental”, a outra parte tende a se defender, muitas vezes, no próprio campo inimigo, deixando o contato maldito ter prosseguimento em uma utópica relação de amizade consensual…

É bonitinho de ver, dificil de conceber e dramático de imaginar. É, na verdade, uma “tremenda” situação… Se eu pudesse, assassinaria todas as ex do meu homem. Do MEU, porque enquanto estiver ao meu lado, deixa de ser uma pessoa independente, com vontades e desejos próprios e passa a ser, nada mais, que o meu objeto de amor mais intenso e egoísta. E pensar que ele já sentiu algo com outra? E que já gemeu nos seus braços? E que já pensou em dividir a cama que hoje é minha???

Bom, essa conversa está muito boa, mas agora eu tenho que preparar o jantarzinho para receber a ex do meu marido. E vou aproveitar para ir ao mercado comprar bastante laxante para incluir no molhinho da carne dela… A pobre tá precisando emagrecer um pouquinho… Fui!

2 Comentários leave one →
  1. março 23, 2012 4:19 pm

    Cris vc é otima, amo suas cronicas! Sao só cronicas do que conhece ou sao suas cronicas?
    Enfim tb mataria a todas as ex, inclusive ex mulher, kkkkkkk.
    E tb tenho que permitir o assassinato dos meus ex. Terrivel essa né?
    Mais tem sempre gostinho de vinganca. kkkkkk
    Amei essa cronica de fato e de direito.
    Sou ciumenta demais pra entender certas amigas nossas, nao citarei nomes, mais uma casa com o ex da outra e tudo bem???
    Pra essas pessoas tenho que tirar o chapeu, porque a minha limitada visao nao conseguo entender e até aceitar.
    Beijinhos linda

    • março 23, 2012 6:18 pm

      Oi Lu! Obrigada!!! As crônicas são da Maria Scarlet (a minha pomba-gira!) Eu só repasso pro papel o que ela me dita… rsrsrs Ela tem total liberdade de expressao, e nao precisa dizer o que é politicamente correto…
      Com relação a essa crônica, me enquadro totalmemnte na categoria de ciumenta careta e irrevogável… Beijo!!!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: