Páscoa

Feliz PascoaPáscoa significa o renascimento. E se bem me lembro, remonta às injustiças cometidas a um “homem do bem”. Partindo dessa premissa, mesmo não sendo católica e, na verdade, de religião nenhuma, aproveito o momento para desejar, na forma de oração, canção ou poesia, que todos os “homens de bem”, humilhados e traídos, sejam justiçados por alguma justiça divina.

Porque a justiça dos homens não cala quem mente, não acusa quem trai e não acaba com o sofrimento dos justos. A justiça dos homens é dos homens. E por isso mesmo e, através disso, se vangloria por levar o caos a todos que dele tentam escapar.

Que Jesus seja exemplo seguido por todos, como prova de que vale à pena ser bom, e que Judas e Pôncio Pilatos, mais ainda, sejam exemplos para os homens de bem. Exemplos de que a traição e a abnegação são virtudes premiadas na terra dos homens, mas que lá na outra Terra, na prometida, da qual eu tenho fé e acredito, essas virtudes são consideradas falta de caráter inafiançável.

Até lá, sigo louvando as boas ações de “homens de bem” como Jesus, e rezando fortemente para que todos os Santos, de todas as religiões que ficam atrás do morro, julguem corretamente os homens que seguem os ensinamentos da “Santa Sé dos Homens de Judas e Pilatos”.

Fui! (Me entupir de chocolate, porque ainda não é Copa e a Pasadena não vai dar em nada mesmo…)

 

Cris Coelho

A minha literatura é livre de estereótipos, padrões e convenções. Ela entrega poesia onde há cotidiano. E renova minha fé em mim e no mundo. Cris Coelho, Escritora & Poetisa