Auto-Conhecimento, Mulher, Vida

Não Vou Me Render

Acordo todos os dias com o pensamento constante de que meu discurso deve ser diferente do que reza a maioria, de que minhas cores devem ser mais densas e que meu estandarte deve ter o peso de uma relíquia em forma de cruz e troféu. Recuso-me a seguir as ordens da boa vizinhança e ouso dizer que a minha morada abriga muitas de mim, todas com sua opinião pungente e sua voz rouca.

Read more
Auto-Conhecimento, Consagradas, , Vida

O Melhor Que Eu Puder

O melhor que eu puder: é o que farei para transformar este novo tempo no mais próspero momento de toda a minha existência. Farei o melhor que puder para administrar as várias áreas da minha vida com talento, com vontade e com aquele algo a mais, que só adiciono a projetos que são muito especiais. […]

Read more
Auto-Conhecimento

Suas Verdades

Descobrir as verdades incômodas que a perseguem através da sua genética e de todos os aprendizados que a moldaram até este ponto é um desafio, mas reinventar-se diante delas, criando outras verdades, ainda mais poderosas e absolutas, é transformador.

Read more
Amor, Consagradas, Família, , Saudade, Vida

“Até Mais”

No decorrer da nossa estrada acabamos acreditando em tantas histórias, em tantas possibilidades e em tantas verdades, e então, por que não crermos que esse adeus se trata apenas de um “até mais”? Não temos certeza de nada na vida nem na morte, mas acreditamos fielmente no sentimento que nos une à eles.

Read more
Consagradas

Um Mundo para Reinventar

Entreguemos aos nossos Deuses a esperança de dias melhores, mas façamos nossos dias mais produtivos a cada desejo criado, a cada vontade genuína e a cada suspiro de “quero mais”

Read more
Auto-Conhecimento, Vida

“Acolha-me”

É abstrata a minha rotina, mas verdadeira minha busca. É virgem minha mensagem de benevolência, mas torna-se turva todas as vezes em que sublevo meu propósito, transformando-o em algo perverso e deliberadamente vulgar.

Read more
Consagradas, Mulher

“Ela”

“Ela” foi em busca de uma posição no mercado de trabalho e encontrou sorrisos e acenos carinhosos; ouviu um tanto de coisas que, ao final do dia já não encontrava defeito ou maldade verdadeira; passou a achar que era normal servir sua beleza produzida em pratos pequenos, a serem servidos durante mais um jantar de sexta; fez-se de muda, de surda, de cega.

Read more