Mais Abraços

Um post antigo que retorna agora para abraçar virtualmente todos os meus amigos e seguidores neste momento tão difícil da nossa existência. Sintam-se abraçados!!!

abracos

Mais abraços. É o que eu desejo ganhar de presente. Mais abraços apertados, mais abraços corridos e mais abraços sinceros. Preciso sentir o cheiro e o toque áspero da pele desidratada nas dobras que se encontram com minhas mãos, igualmente calejadas e cansadas. Sou mais próxima dos que quero proteger em meus braços do que os que me acobertam de calor e carinho. 

Prefiro abraçar. Prefiro entregar o meu apreço genuíno para quem é importante pra mim. Não recuso seu abraço, porém, peço que espere até a próxima parada. Para me ter em sua sintonia preciso me abrir para você, me desconectar um pouco de mim e sobreviver a enxurrada de amor que você me passa cada vez que me toca.

Seus abraços são apertados, demorados e intensos. Não consigo entender o real significado deles, se é proteção, amor, carinho ou tudo junto. Prefiro pensar que é a forma mais singela de dizer “eu gosto de você” e dessa forma, recebo sua declaração de amor, menos direta que um olhar, mas mais terna e acolhedora.

Te devolvo o abraço que não entreguei antes, desejando voltar a ter seus abraços ao meu redor.  Penso em como a vida passa rápido e em como nós não nos damos conta da importância desses abraços… espero que não seja tarde para dizer que adorei te ter tão perto de mim, em um abraço que não vai terminar nunca.

Fui! (abraçar todos que amo…)