O Melhor Que Eu Puder

O melhor que eu puder: é o que farei para transformar este novo tempo no mais próspero momento de toda a minha existência. Farei o melhor que puder para administrar as várias áreas da minha vida com talento, com vontade e com aquele algo a mais, que só adiciono a projetos que são muito especiais.

Farei de cada dia um dia perfeito, com todas as limitações que me são impostas, com todas as dúvidas que me são cotidianas e com todas as desvantagens que angariei pelo caminho torto que por vezes tracei. Farei com que minhas preces sejam aceitas e com que meu corpo reaja mais e melhor a todas as substância que entrarem em contato com ele.

Serei eu a pessoa que ditará as normas e que fará diferente daqui para frente, mas sem lamentos e sem dramas. Optarei por aceitar tudo o que não estiver nas minhas mãos mudar e pararei de questionar as probabilidades que porventura derem errado. Serei mais forte que meu pensamento pessimista e me permitirei ir além das minhas próprias possibilidades. Surpreenderei os mais próximos com meus feitos extraordinários e, quando não tiver mais fôlego ou criatividade para seguir adiante, recordarei todo o caminho que percorri, contarei as vitórias como se fossem inéditas, e as desfrutarei com êxito e nostalgia.

Serei mais cautelosa com o caminho que escolher daqui pra frente, encontrarei as melhores palavras e as usarei quando necessário, mas não me cansarei de buscar dentro de mim as verdades que tanto procuro, aquelas que me dizem sempre que eu sou a melhor que poderia ser nesta minha existência fortuita e passageira…

Fui! (Ser a melhor de todas as minhas versões…)

Cris Coelho

A minha literatura é livre de estereótipos, padrões e convenções. Ela entrega poesia onde há cotidiano. E renova minha fé em mim e no mundo. Cris Coelho, Escritora & Poetisa

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.