Teu Calor

Às vezes, tudo que preciso é do seu corpo aquecendo minha alma; preciso do calor que sai de dentro de você, que me invade em doses cavalares de tesão e vontade, na medida certa da minha aflição… é ele, o seu calor, que me faz transbordar de desejo e me mostra o caminho do meu orgasmo mais improvável, que me machuca de tanto esperar, que me enlouquece e me faz arder de prazer.

Para continuar lendo o restante do texto Faça Login ou Cadastre-se.

Cris Coelho

A minha literatura é livre de estereótipos, padrões e convenções. Ela entrega poesia onde há cotidiano. E renova minha fé em mim e no mundo. Cris Coelho, Escritora & Poetisa