Quando Eu Partir…

Quando eu partir, será para sempre e, sem querer, acabarei levando comigo sua perspectiva de paz neste mundo… serei uma lembrança bem produzida de tudo que você ama, de tudo que conversa com sua alma carente de leveza e elogios constantes.

Serei o motivo do seu sorriso nostálgico, aquele que contempla nossas risadas no final de piadas sem graça e sem sentido, e farei oposição a essa sua angústia constante, que tenta consertar o que nunca terá conserto ou que pede para voltar a um momento que já se foi, mesmo sem você querer.

E, quando você menos esperar, soprarei aquela brisa suave em seu rosto descontente, que fará com que você pare, respire e enalteça a beleza que é estar presente neste mundo, no mesmo espaço que um dia compartilhamos sorrateiramente, com olhares que se beijavam na intersecção do nosso bem-querer…

Fui! ( Te olhar daqui de cima…)

Cris Coelho

A minha literatura é livre de estereótipos, padrões e convenções. Ela entrega poesia onde há cotidiano. E renova minha fé em mim e no mundo. Cris Coelho, Escritora & Poetisa