Crônicas sobre Saudade

Imortal

Sei que é direito seu descansar dessa loucura que chamamos de vida, afinal, experimentar um ambiente sem dor, angústia e preocupações, é encontrar a plenitude em sua melhor versão. E você, mais do que ninguém, merece seguir seu caminho e receber todas as homenagens que te aguardam do lado de lá desta enorme ponte.

Read more

Minhas Andanças

E só quando me cansei do trajeto, percebi que havia caminhado um tanto sem chegar a lugar algum, que fazia um tempo em que não vislumbrava o pôr do sol no final de uma subida íngreme, ou que sentia uma brisa gelada acariciar a parte mais disponível da minha face.

Read more

“Até Mais”

No decorrer da nossa estrada acabamos acreditando em tantas histórias, em tantas possibilidades e em tantas verdades, e então, por que não crermos que esse adeus se trata apenas de um “até mais”? Não temos certeza de nada na vida nem na morte, mas acreditamos fielmente no sentimento que nos une à eles.

Read more

Meus Desejos

Desejo que você se lembre dos melhores momentos que viveu ao meu lado, e que você os reviva todas as vezes em que a sua memória chamar pelo meu nome. Desejo que você esteja plena de si, em sua melhor versão, para que, na hora em que precisar se despedir, não sofra tanto; para que consiga até esquecer o quanto era bom ficarmos guardados dentro desse enorme guarda-chuva, que tinha a difícil tarefa de nos deixar secos e prontos para a festa, que começava sempre antes do combinado…

Read more

Aos que se foram…

Aos que se foram, os que partiram e que deixaram esse imenso eco na sala cheia de lembranças inoportunas, declaro a eternidade das minhas emoções, todas pontuadas com risos e frases de efeito, e quase sempre, amadurecidas na seriedade do tom de voz de cada um de vocês, com toda delicadeza que minha mente inquieta […]

Read more

Ainda Sinto…

Ainda sinto aquele seu abraço quente, exalando carinho e bem-querer; ainda sinto seu cheiro fresco de limpeza, que exala hortelã com notas doces de alfazema. Sinto seus cabelos molhados respingarem gotas geladas no contorno do meu rosto jovem,  e sinto suas mãos me segurarem firmes para que eu não caia, para que eu não me […]

Read more

Depois da Tempestade…

Vi a nuvem se tornar grande e pesada, as janelas serem fechadas às pressas e a água invadir os espaços possíveis para jorrar um pouco mais de dor pelas frestas oportunas, que deveriam ter sido consertadas, mas que eram negligenciadas… assim como as dores escondidas e os traumas mal resolvidos nesse enredo complicado chamado “história de vida”.

Read more

Se você soubesse…

Se você soubesse o quanto essa mágoa te faz mal, talvez parasse de cultivá-la nesse labirinto de emoções que é o seu coração, e talvez, se você conseguisse entender que o mundo não vai parar de girar sem você, mas que vai girar de uma forma mais melancólica e silenciosa, você começaria a repensar a sua vida e viveria melhor cada etapa…

Read more

Nós

Sou eu, sua amiga que agora clama por um pouco mais da sua companhia, envolta em memórias e conversas sem importância, com tempo de sobra para jogarmos fora, nesse imenso vaso de rolhas de vinho colecionáveis, que vão durar mais que nós mesmos e menos que nossas histórias…

Read more

Nosso Boechat

Consola-nos saber, talvez, que você tenha tido uma queda fulminante, em um desfecho que só você poderia ter, já que os grandes ícones costumam ter partidas à altura do seu tamanho; imaginamos, ainda, que você partiu quando ainda estava no ar, no lugar mais alto que você poderia tocar em vida, antes de dizer adeus à terra que você tanto amou. Pensamos, por fim, ser assim que você resolveu se despedir, da única forma que você conseguia viver: com intensidade.

Read more

O que te emociona?

Sou eu quem deve enfrentar a escuridão das esquinas pelas quais minha alma insiste em vagar, nas horas em que minha mente se distrai e me deixa livre para sofrer um pouquinho por aqueles momentos que não deveriam ter acontecido, mas que existiram.

Read more

Etéreo

É etéreo o contato que tenho com você, em todas as vezes em que vejo sua alegria, em todas as vezes em que percebo sua gula ou em todas as vezes em que você espera sorrindo que eu lhe repreenda, como se estivesse testando a minha capacidade em ser dura com um alguém cujo amor que sinto, transborda pela minha pele.

Read more

Sua Brisa…

E, enquanto ando, sinto uma leve brisa acariciar minha face, marcada em parte, pela dor da saudade que tenho de você; o vento que sopra suave abraça meu corpo como se eu ainda tivesse sete anos de idade. Ela me diz, sussurrando, o quanto você me ama e o quanto te custa não me acompanhar desta vez.

Read more

Sua Benção

Não aprendi ainda a obedecer suas ordens, mas hoje consigo entender seu amor exagerado, cheio de cuidados extremos e afetos desconcertantes. Aprendi a escutar sua voz quando a chuva pesada insistia em cair sobre meus ombros descobertos. Aprendi a te ouvir quando você já não estava ao meu lado para dizer coisa alguma, porque o que havia sido dito foi adiante com o vento; mas não se apagou com as águas que tudo lavam, e que também não conseguiram lavar aquela mancha de batom do seu beijo carinhoso, no dia em que cruzei por aquela porta…

Read more

Minha Casa

Depois de todas as tormentas que enfrentei, depois de todos os caminhos que percorri, foi em seu colo que senti que havia chegado “em casa”. E quando entrei e não te encontrei, me senti igualmente segura, pois o seu cheiro ainda impregna minha vida, seu calor ainda esquenta minhas mãos e seu olhar, sempre vigilante, […]

Read more

Mais Leve

Caminho por esta estrada mais segura desde que deixei para trás os pensamentos sombrios sobre o destino dos meus. Troquei o peso das minhas incertezas pela leveza do meu hoje ao lado deles. Escolhi uma mochila mais informal, sem tantos detalhes, sem tantos dourados para adornar as minhas costas doídas; ao invés da elegância, preferi […]

Read more

Pelo Vale…

Ando por este vale sem saber direito para onde ir. Procuro por você e não consigo encontrar seu olhar. Suas mãos sempre estiveram ali, perto das minhas, para que eu pudesse agarrar se precisasse. Mas eu quase não precisei delas porque na verdade eu queria caminhar na frente, queria correr e ser livre. Queria ser […]

Read more

Quero te levar comigo…

Não quero lhe falar como eu sinto a sua falta, mas não consigo deixar de sentir a sua presença em todos os momentos gloriosos da minha vida. A cada conquista, a cada aplauso, a cada sorriso, é você quem eu busco para compartilhar meu sucesso, em um compasso de tristeza e saudade, em uma sintonia […]

Read more

Se eu for…

Se eu for embora primeiro, por favor, não fique triste. Saiba que era o meu desejo ir antes de você, sair de cena enquanto você continua a brilhar e encenar o espetáculo que é a sua vida. Se eu for antes, saiba que eu vou feliz porque vivi os melhores momentos da minha vida ao […]

Read more

Sem Mais Delongas

Nada que eu faça vai mudar o que sinto. Vou tentar esconder dentro do meu peito endurecido de tanto apanhar, a verdade que escondo de mim, até a hora em que me deito. E sem querer me lembro do quanto fui feliz nesses natais intermináveis, nessas conversas fúteis e nas horas em que o tempo […]

Read more

Tudo ao Redor

Tudo ao redor reflete o que sentimos, o que gostamos, o que queremos. Tudo para para esperar os nossos desejos e os anseios de tornarmos efêmeros e constantes. É o quente da vida que passa tão depressa que mal conseguimos admirar a beleza que é ser mais um no meio da multidão. Somos tão inconstantes, […]

Read more

Eu Tive que Ir

Eu tive que ir embora… tive que ir para que você pudesse pudesse conhecer novos amigos, novas possibilidades de amor. Tive que sair da sua vida para que você se obrigasse a enfrentá-la, a encarar seu medo da solidão e para que você pudesse se reinventar.  Mas eu sempre estarei aqui, contando de novo as […]

Read more

Na Entrada

No caminho da sua vida te espero passar por mim. Distraída como sempre, nem me nota e segue segura no novo caminho que você acredita ser o melhor… espero seu momento mais relaxado para dizer em sussurros no seu ouvido o quanto estou orgulhoso por você ter continuado a caminhar, mesmo depois do que aconteceu. […]

Read more

Margaridas pelo Caminho

Te deixo minha flor preferida… minha margarida ordinária e simples. Ela combina com a minha alma, igualmente simples e descomplicada.  E, se ainda assim, pareço complexa é porque me defendo com várias máscaras e com inúmeros traumas que transformo em gigantes arabescos para esconder a minha verdadeira beleza, aquela genuína que reflete a minha essência […]

Read more

Atrás de Você

Te sigo por todos os cantos, vou até a esquina e entro na contramão, só para poder te ver. Te admiro à distância, te respiro em simbiose, te faço existir onde seria improvável. Te crio em meus pensamentos, onde fabrico um pouco do ambiente em que você se sente confortável, te escrevo em prosa e […]

Read more

Valeu!

Depois de caminhar por tanto tempo ao seu lado me dei conta de que foi extremamente prazeroso ter a sua companhia. Nem sempre estivemos juntas, nem sempre fomos as melhores cúmplices ou parceiras, mas, em todos os momentos que compartilhamos nossa energia, fomos extremamente felizes. Foi com você que eu aprendi a ser mais autêntica, […]

Read more

Saudade

Às vezes sinto saudade. Saudade do tempo em que era um alguém cheio de curiosidades e cheio de dúvidas também. Sinto saudade do cheiro da comida da avó, da brincadeira dos amigos, da mochila velha do colégio. Sinto saudade do leque de possibilidades que eu tinha, saudade da dúvida do que viria a seguir.  Sinto […]

Read more
Cris Coelho

A minha literatura é livre de estereótipos, padrões e convenções. Ela entrega poesia onde há cotidiano. E renova minha fé em mim e no mundo. Cris Coelho, Escritora & Poetisa

Saudade

saudade

Às vezes sinto saudade. Saudade do tempo em que era um alguém cheio de curiosidades e cheio de dúvidas também. Sinto saudade do cheiro da comida da avó, da brincadeira dos amigos, da mochila velha do colégio. Sinto saudade do leque de possibilidades que eu tinha, saudade da dúvida do que viria a seguir. 

Sinto saudade sim, saudade “dele”, do meu futuro. De um futuro que era tão enigmático e estimulante. De um futuro que se tornou tão diferente e ao mesmo tempo tão próximo dos meus sonhos. De um futuro que era alto, jovem, forte e rico. Sinto falta de imaginá-lo assim: grande.

O meu futuro não mudou de rosto, só chegou mais perto para que eu pudesse enxergá-lo com todas as suas rugas e pequenos defeitos. Se fez presente e me fez lembrar da casa onde eu me sentia segura, que agora está longe. E quanto mais perto “ele” se aproxima, mais saudade eu sinto e mais de longe eu vejo toda essa minha saudade…

Fui! (comprar uns óculos escuros…)

Cris Coelho

A minha literatura é livre de estereótipos, padrões e convenções. Ela entrega poesia onde há cotidiano. E renova minha fé em mim e no mundo. Cris Coelho, Escritora & Poetisa

3 thoughts on “Saudade

  1. Tim-tim!!!
    E vamos brindar as nossas voltas….
    bj enorme!

  2. Graziela Müller disse:

    Momento nostalgia rsrsrs
    Esses momentos sao tao importantes eu considero um privilégio de quem tem os pés no chao poder encarar e avaliar sua realidade e o seu agora. O passado é sempre tao presente, por que nao curtir uma velha e boa nostalgia?
    Vou abrir uma espumante e rever meus planos, pois meu futuro só esta comencando.
    Beijo!

  3. Lindo texto, grande (e um tantinho melancólica) reflexão, mesmo de óculos escuros novinhos em folha.

Deixe uma resposta