Prostitutas Modernas

Para continuar lendo o restante do texto Faça Login ou Cadastre-se.

Cris Coelho

A minha literatura é livre de estereótipos, padrões e convenções. Ela entrega poesia onde há cotidiano. E renova minha fé em mim e no mundo. Cris Coelho, Escritora & Poetisa

2 thoughts on “Prostitutas Modernas

  1. Oi Nemer. Obrigada pela participação no blog! A Maria Scarlet é um personagem, com uma história muito peculiar que se passa em 1750… o texto foi sobre a visão dela sobre as várias formas de prostituição atuais, que têm como finalidade vender o corpo em seus vários aspectos eróticos. Um abs! Cris Coelho

  2. o texto ja começa errado: ” Mas não uma puta baixa, vulgar, latente. Uma puta de valor. ” – foi mal, não existe puta de valor, existem putas que têm seus valores humanos, sociais. E ainda digo: as que cobram dinheiro ainda tem a sensatez de não enganar ninguém, isso talvez “valha” algo menos podre e fedido do que as putas que não cobram nada. Legal valorizar mulheres, seres humanos como um todo. Legal desconstruir paradigmas e dogmas. Mas putz…. puta, é puta. É suja. Hoje e antes de hoje.

Comments are closed.