Toque

Se alguém tocar seu corpo como eu, não diga nada. Se detenha ao silêncio que sua alma pede, perceba os segundos que se esvaem pelos dedos dele e pressione seu sexo com vigor. E enquanto ele toca suas partes mais frágeis, se lembre de mim, com saudade e vontade…

Cris Coelho

A minha literatura é livre de estereótipos, padrões e convenções. Ela entrega poesia onde há cotidiano. E renova minha fé em mim e no mundo. Cris Coelho, Escritora & Poetisa