O Palhaço da Vida

Feito de giz está o esboço do pobre moço, aquele que se perdeu no seu olhar para o Mundo. Se despediu da alegria cotidiana e entregou a quem interessasse seu destino e suas opções. Mudou o discurso contraditório e fez valer a rigidez cinza dos moralistas de plantão. É mais uma cria da vida medíocre que engole os sonhos de quem se atreve a querer.

Para continuar lendo o restante do texto Faça Login ou Cadastre-se.

Cris Coelho

A minha literatura é livre de estereótipos, padrões e convenções. Ela entrega poesia onde há cotidiano. E renova minha fé em mim e no mundo. Cris Coelho, Escritora & Poetisa

One thought on “O Palhaço da Vida

  1. você me deixou sem palavras, ou com muitas palavras embaralhadas que não consigo desatar o nó. texto visceral, que toca profundamente nossa realidade sem sorrisos, mas capaz de ainda encontrar um. um texto que chega em minha alma e a faz mais que nunca pensar e sentir muito o que vivemos. muito obrigado, Cris. (Fico, a espera do próximo texto…)

Comments are closed.