À Tua Espera

Meu pecado é esperar por você, todas as tardes, no horário do almoço. Meu pecado é ser assim, carinhosa e vulgar. Dar meu corpo em troca de migalhas de amor. Meu pecado é gostar disso… gostar de ser seu objeto de prazer, moldado para satisfazer todas as suas loucuras, enquanto outra tem a sua companhia na hora do jantar. Meu pecado é saber que você só faz comigo o que jamais fará com ela. E que quando faz com ela… pensa em mim. Meu pecado é você.

Para continuar lendo o restante do texto Faça Login ou Cadastre-se.

Cris Coelho

A minha literatura é livre de estereótipos, padrões e convenções. Ela entrega poesia onde há cotidiano. E renova minha fé em mim e no mundo. Cris Coelho, Escritora & Poetisa