Estupro Culposo

Saias curtas, decotes insinuantes, maquiagens marcantes. Somos todas culpadas por adornarmos nosso eu em doses homeopáticas de estimulantes masculinos, em ternos versos de poesias mascarados em ritmos atenuantes da virilidade alheia. Somos culpadas e isso é fato.

Para continuar lendo o restante do texto Faça Login ou Cadastre-se.

Cris Coelho

A minha literatura é livre de estereótipos, padrões e convenções. Ela entrega poesia onde há cotidiano. E renova minha fé em mim e no mundo. Cris Coelho, Escritora & Poetisa