“Ela”

“Ela” buscou um pouco de si para dar a muitos; refletiu o espírito de aventura e jovialidade que gritavam seu nome, cada vez em que entrava no palco dos prazeres masculinos, em consonância com a adoração fortuita que toda uma sociedade elegeu para seguir, no ritmo frenético de uma dança que parecia não ter fim…

Para continuar lendo o restante do texto Faça Login ou Cadastre-se.

Cris Coelho

A minha literatura é livre de estereótipos, padrões e convenções. Ela entrega poesia onde há cotidiano. E renova minha fé em mim e no mundo. Cris Coelho, Escritora & Poetisa

2 thoughts on ““Ela”

  1. Muito obrigada Samara! Seja muito bem-vinda ao universo da Maria Scarlet!!! Bjs e feliz 2021!

  2. Samara Silva disse:

    Gostei bastante do artigo, muito bom mesmo! Estou amando ler seus artigos e compartilhar com os amigos!

    Meu Blog: Resultado do Tri Legal

Comments are closed.