“Pensei que Podia…”

Quando era criança pensava que podia fazer o que quisesse; pensava que ia dominar o mundo, sem saber que “Ele” me engoliria em questão de segundos… pensava que podia, que seria eu contra todos os maus, aqueles que me acusavam e me irritavam. Pensava que eu era inteira luz, cercada de anjos bons que só me aconselhavam a seguir pelo melhor caminho possível.

Para continuar lendo o restante do texto Faça Login ou Cadastre-se.

Cris Coelho

A minha literatura é livre de estereótipos, padrões e convenções. Ela entrega poesia onde há cotidiano. E renova minha fé em mim e no mundo. Cris Coelho, Escritora & Poetisa