Íntimo e Privado

Íntimo e privado. É assim que chamo o ar que abraço, que trago para dentro de mim cada vez que desconfio de alguém, cada vez que sinto medo, cada vez que sofro calada. É o sentimento que me aproxima do meu eu mais profundo, daquele que não discute, que só sente. Sou eu, na minha versão mais nua que se encontra dentro desse abraço, cercada por todos os sons da melodia que só eu consigo escutar, das partituras mais privadas da minha vida. 

Para continuar lendo o restante do texto Faça Login ou Cadastre-se.

Cris Coelho

A minha literatura é livre de estereótipos, padrões e convenções. Ela entrega poesia onde há cotidiano. E renova minha fé em mim e no mundo. Cris Coelho, Escritora & Poetisa